quinta-feira, setembro 22, 2005

Foge para o Brasil e ri-te


Neste sorriso esta espelhada a felicidade. A justiça portuguesa continua igual a si mesma.
Agora imagine o caro amigo que esta situação se tinha passado com um cidadão anónimo. Teria o mesmo tratamento?