sexta-feira, novembro 25, 2005

Coimbra quer avançar com eléctrico rápido

A Câmara Municipal de Coimbra está disposta a lançar a empreitada do eléctrico rápido de superfície na cidade, em parceria com a sociedade Metro Mondego e investidores privados.
Esta obra deve ter como fim servir as populações abrangidas, e não ser um negócio a instalar a coberto da falha do governo.
No entanto se forem acautelados os reais interesses das populações. Se ficar acordado que os preços a praticar serão os estritamente necessários para que o projecto não dê prejuízo. Talvez esta seja a única alternativa para o eléctrico rápido ir em frente, uma vez que do governo PS nada de bom, será de esperara para Coimbra e para o Distrito.
Prevejo mesmo que enquanto a região não se subjugar à coinceneração, o ódio do Sr. Eng. não terá fim.