terça-feira, janeiro 24, 2006

Dinheiros


Terminada a comédia da campanha eleitoral os candidatos deitam contas à vida.
Já é sabido o quinhão que cabe a todos da subvenção pública total prevista na lei para as eleições presidenciais.
A parte mais hilariante desta notícia prende-se com o facto do Sr. Xico ir pedir um empréstimo bancário para pagar parte da campanha. Seguindo o exemplo do seu camarada músico, também o chefe do berloque quando precisa, se deixa tentar pelos favores da banca.

2 Comments:

Blogger Adryka escreveu...
Pois o problema é que eles andam na pandega da folia eleitoral e quem paga o pato é o Zé pagante, o Xico deve ter a mania das grandesas, gastava até onde podia.
Bjs
24/1/06 16:47  
Blogger Rodrigo Nunes escreveu...
Safaram-se à rasca, o Berloque já não dá muito mais que isto. E o discurso raivoso do idólatra de Trotsky depois da derrota? Que gozo me deu!
24/1/06 18:59  

Enviar um comentário

<< Inicio