quarta-feira, janeiro 11, 2006

Obrigado», Guterres...

Obrigado», Guterres...
Notícias PNR
Escrito por V L
Quarta, 11 Janeiro 2006


«Doze refugiados políticos da África subsariana chegaram ontem a Portugal, vindos de Marrocos. Ficarão a residir no nosso país ao abrigo de um acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). (...) Os recém-chegados terão apoio jurídico, médico e psicológico, cursos de Língua Portuguesa, Informática e formação profissional e um subsídio de cerca de 30 euros por semana. O objectivo é a sua inserção no mercado de trabalho.» CM
Esta notícia teria a sua «piada», pelo facto de se fazer notícia da chegada de «apenas 12 imigrantes», não fossem as actuais políticas imigracionistas uma verdadeira tragédia para a Europa e para o nosso Povo.

Numa altura em que, diariamente, chegam ao nosso território centenas, senão milhares, de imigrantes subsarianos, nomeadamente das ex-colónias, é caricato que seja notícia o facto de Guterres ter como sua «primeira oferta para Portugal» 12 imigrantes subsarianos», logo durante a grave crise que o nosso país atravessa e numa fase em que o desemprego aumenta exponencialmente.

O PNR defende fortes restrições à imigração porque, além da imigração provocar uma descida nos valores médios dos salários, a imigração em massa descaracteriza a identidade e o tecido cultural português.

Assim, o PNR afirma-se como a única força política que defende realmente os interesses dos portugueses, tanto dos trabalhadores que procuram uma vida melhor como das empresas que tentam sobreviver num mercado cada vez mais globalizado.