quinta-feira, janeiro 05, 2006

OLIVEIRA DO HOSPITAL – Trabalhadores da Carrera à beira do desemprego

Será que uma empresa com salários em dia com carteira de clientes e os pagamentos aos fornecedores sem atrasos, vai ser fechada lançando para o desemprego 87 trabalhadores?
Será que o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social de Lisboa, único credor não podia negociar a divida como fez por exemplo com os clubes de futebol?
Será que a Segurança Social prefere, pagar subsídios de desemprego em vez de negociar a divida?
São duvidas que nos assaltam. Mas que parece não conseguem entrar na cabeça dos “dirigentes” deste país.