quinta-feira, fevereiro 09, 2006

A face do Horror em Cabinda

Racismo? Atentado aos direitos fundamentais?
A recente interdição de uma marcha pela Paz, no dia da Identidade Cabinda, quando se comemora 121 anos do Tratado de Simulambuco onde Portugal assina com os nobres de Cabinda um acordo de "protecção", tornou-se reveladora do clima constante das Violações dos Direitos Humanos no enclave.
Estas imagens de horror são uma pequena parcela do sofrimento em Cabinda que Angola pretende esconder e a Comunidade Internacional prefere não ver, que a imprensa dita livre não divulgou e que os habituais “defensores dos direitos humanos” não condenaram.
As imagens podem chocar e não devem ser vistas por menores de 18 anos.
ENTRAR

Fonte