sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Luso-descendente assassinado em Joanesburgo

Um luso-descendente de 54 anos foi esta sexta-feira morto a tiro num assalto a sua casa em Elandssontein, sul de Joanesburgo, tornando-se na primeira vítima portuguesa ou de origem lusa da criminalidade na África do Sul em 2006.
Os assassinatos continuam, as autoridades portuguesas ficam caladas.
O PNR é o único partido a denunciar este clima de terror.
FONTE